Apresentam-se nesta página o conjunto de situações irregulares que possam surgir no processo de validação do recurso. Cada item tem uma explicação e justificação da sua necessidade. Nem todos os itens são alvo de validação, depende do tipo de validação pedido. As referências aos elementos de metadados do esquema Dublin Core são efetuadas na sua versão simplificada e não qualificada.

Sem descrição

A indicação do aviso “sem descrição” ocorre quando não existe um elemento dc.description preenchido. O preenchimento deste campo é opcional mas recomendado para possibilitar uma melhor recuperação ao nível dos motores de pesquisa e agregadores.


Sem autor

A indicação “sem autor” é identificada quando não existe um autor associado ao registo no elemento dc.creator. A autoria dos trabalhos é um elemento obrigatório em muitos contextos, sendo necessário para a identificação dos autores e referências bibliográficas.


Política de acesso inválida

No relatório de validação surge o erro “política de acesso inválida”, quando a mesma não se encontra com a terminologia openAccess (Acesso Aberto).


Incoerência de Embargo

A indicação "Incoerência de Embargo" aparece quando um Item tem "embargoedAccess" no registo no elemento dc.rghts e no entanto não tem uma data de embargo posterior à data de hoje.


Registo devia estar em Acesso Aberto

No contexto das diretrizes DRIVER, OpenAIRE ou outros perfis relacionados, seria de esperar que o registo estivesse em Acesso Aberto, com o dc.rights preenchido com o termo “openAccess”.


Sem TID

A indicação “sem TID” é identificada quando não existe um TID associado ao registo no elemento dc.identifier.tid em teses/dissertações com data de defesa igual ou superior a 7 de Agosto de 2013. Se apenas o ano ou ano e mês foi indicado, então verifica-se o TID para data de defesa igual ou superior a 2013 ou Agosto de 2013 respectivamente.


Sem política de acesso

A indicação do aviso “sem política de acesso” surge na ausência da indicação do tipo de acesso (elemento dc.rights) a que se refere o registo. Aconselha-se o preenchimento do tipo de acesso que se pretende dar ao registo, de acordo com as diretrizes OpenAIRE. Esta informação define qual o tipo de acesso associado ao registo.


Política de acesso inválida

No relatório de validação surge o aviso “política de acesso inválida”, quando a mesma não se encontra definida de acordo com uma das seguintes terminologias: openAccess (Acesso Aberto), restrictedAccess (Acesso Restrito), closedAccess (Acesso Fechado) e embargoedAccess (Acesso Embargado). Consulte as diretrizes OpenAIRE para mais informações.


Formato de ficheiro não identificado

A indicação do aviso “formato de ficheiro não identificado” ocorre quando o registo não foi depositado com um formato adequado para processos de preservação digital. Esta validação baseia-se no processo de validação usado pela ferramenta FITS.


Sem idioma

A indicação do erro “sem idioma” surge quando o registo foi depositado sem o idioma da publicação. Sendo um campo de preenchimento obrigatório, é necessário a inclusão de conteúdo de acordo com a norma ISO 639-3. Neste contexto, o elemento dc.language deve estar preenchido. Consulte as diretrizes OpenAIRE.


Ficheiros inacessíveis.

A indicação “ficheiros inacessíveis” ocorre quando não é possível construir a ligação ao ficheiro associado ao registo. Esta construção do endereço está associada à funcionalidade de verificação de permissões apenas disponível na validação de recursos com a plataforma DSpace. Pode também ocorrer aquando da validação do formato de ficheiros através do FITS.


Sem tipo de documento

A indicação do erro “sem tipo de documento” surge quando o registo foi disponibilizado sem o tipo de documento que corresponde às diretrizes DRIVER 2.0 ou OpenAIRE, particularmente o anexo: diretrizes específicas para metadados Driver. Sendo um campo de preenchimento obrigatório, torna-se necessário a inclusão de conteúdo.


Tipo de documento inválido

A indicação o erro “tipo de documento inválido” surge quando o registo foi depositado com um formato de tipo de documento que não corresponde às diretrizes DRIVER 2.0, particularmente o anexo: diretrizes específicas para metadados Driver, sendo um campo de preenchimento obrigatório torna-se necessária a sua correção. Esta informação surge no elemento dc.type e está restrita aos tipos definidos pelas diretrizes DRIVER e OpenAIRE. Podem ser usados outros tipos de documento para outras finalidades que não produção científica.


TID inválido

A indicação “TID inválido” é identificada quando não existe um TID válido associado ao registo no elemento dc.identifier.tid em teses/dissertações com data de defesa igual ou superior a 7 de Agosto de 2013. Se apenas o ano ou ano e mês foi indicado, então verifica-se o TID para data de defesa igual ou superior a 2013 ou Agosto de 2013 respectivamente.


Idioma inválido

A indicação do aviso “idioma inválido” surge quando o registo foi disponibilizado com um formato de idioma que não corresponde à norma norma ISO 639-3, sendo necessária a sua correção. Este elemento encontra-se no elemento dc.language e deve estar de acordo com as diretrizes OpenAIRE.


Sem título

A indicação do aviso “sem título” é apresentada quando um registo não possui o elemento dc.title preenchido. O reconhecimento dos recursos online é sempre baseado num título, sendo também um item obrigatório no processo de depósito dos repositórios e revistas.


Sem data ou formato de data inválido

A indicação do erro “sem data ou formato de data inválida” surge quando o registo não tem um elemento dc.date definido, ou quando se encontra definido não está de acordo com um formato conhecido. Este campo é de preenchimento obrigatório, podendo deixar-se o mês e/ou o dia em branco se não se aplicar. A data associada ao registo deverá estar relacionada com a data de publicação, podendo existir outras, como a data de disponibilização, data de fim de embargo, etc.